• Belemitas

A Little Longer (Bethel Church)

Atualizado: 3 de Abr de 2018



O que importa quando nada mais importa.


O hino que quero compartilhar com vocês chama-se A Little Longer, composição de Jenn Johnson, da Bethel Church.


A letra parte de uma posição de profunda gratidão, que gera uma atitude de rendição e deslumbramento diante da Bondade, da Graça, da Fidelidade, da Eternidade e da Maravilha de Deus. Daí surgem os questionamentos iniciais: o que posso fazer por Ti?//O que posso dizer para Ti?//Qual tipo de música eu poderia cantar para Ti?//Pois eu jamais conseguiria agradecê-lo o suficiente.


Caro leitor, esta postura de gratidão é a chave para entendermos o restante da canção.


Quando pensamos em tudo que Deus é e no quanto Ele nos ama, começamos a nos conectar com aquilo que realmente importa, aquilo que permanece – pois o céu e a terra desaparecerão, mas as palavras do Senhor ficarão para sempre (Mt. 24:35). De repente, as coisas espirituais tornam-se mais claras e nossa alma fica mais sensível às direções do Espírito Santo.


Esta nova realidade faz efervescer em nós um sentimento de gratidão pelo que temos em Deus. Não pelos nossos bens materiais, nem pelas conquistas terrenas, mas pela realidade espiritual e pela revelação da natureza divina em nós.


E, conforme tudo isso se torna mais evidente dentro de nós, os problemas, desafios, planos e todas as questões que envolvem o nosso dia a dia vão se esvanecendo, sumindo ao longo do horizonte, ocultando-se, conforme a luz de Deus toma conta do ambiente. De repente, nossas situações terrenas deixam de importar e a única coisa que importa é a presença sobrenatural de Deus habitando de forma tão intensa e real dentro de nós.


E é então que chamo a atenção para a ponte do hino.


Sinceramente, imagino-a como um sussurro de Deus em meu ouvido, em um tom de voz mais do que calmo. Parece que, ao ouvir sua voz, posso ver um pequeno sorriso no canto de sua boca e a mansidão do oceano em seu olhar. É como se pudesse sentir seus braços abertos em minha direção, prontos a me abraçar, porém, tão extensos que não posso sequer dimensionar até onde vão – vão até a distância que o seu amor vai por mim; vão até o infinito. E, então, Deus me diz: Hey, Léo, você não precisa fazer nada. Simplesmente fique aqui comigo e deixe todas as coisas passarem. Elas podem esperar mais um pouco. Espere, pois esse é um momento muito doce! Por favor, fique aqui comigo e me ame por mais um pouco de tempo... Porque eu te amo!


Ultimamente, todas as noites, depois que encerro minhas atividades diárias, tenho ouvido este hino e, quando chega neste trecho específico, uma paz sobrenatural toma conta de mim. É como se cada atividade inacabada, cada projeto que ficou para amanhã, cada sonho que ainda não se realizou simplesmente se tornasse pequeno demais perto da presença de Deus. E, de repente, as palavras dEle para mim soam de forma tão clara! Todas as outras coisas podem esperar... É só deixa-las ir, porque este momento, pois Sua presença, é doce demais, é boa demais e preenche qualquer lacuna que possa ter sido deixada pelo Mundo em meu coração.


Minha oração tem sido para que esta presença seja constante e supra todas as minhas necessidades diárias, de maneira que esperar o tempo de Deus signifique desfrutar de uma presença acolhedora e suficiente todos os dias. Faço meus os últimos versos desta linda canção: permanecerei aos teus pés; é onde eu quero estar. Sua voz eu seguirei, Jesus, Tu és tudo para mim. Derramarei minha vida e me prostrarei aos teus pés. Te amarei por mais um pouco de tempo; pois estou apaixonado por Ti.


No momento em que nada mais importa descobrimos, enfim, aquilo que mais importa em nossas vidas.