• Belemitas

Acredito (We Believe) – Leonardo Gonçalves | Mensagens Cantadas

Acredito (We Believe) – Leonardo Gonçalves #MensagensCantadas #Belemitas



Nestas últimas semanas muitas tragédias aconteceram aqui no Brasil: rompimento de barragem em Brumadinho/MG, alagamentos catastróficos em diversas regiões, incêndio... E o que nos resta é a tristeza. Lamento iniciar desta maneira, mas, é assim que começa a música Acredito (We Believe).


A canção, interpretada em português por Leonardo Gonçalves, já nos primeiros versos nos situa de toda essa realidade: "Nestes dias de desespero / Incerteza e medo há". E, sim, sempre soubemos que essas dores existiriam:


"E disse à mulher: Multiplicarei grandemente a tua dor e a tua concepção; com dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará. E a Adão disse: Porquanto destes ouvidos à voz de tua mulher e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela; maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida. Espinhos e cardos também te produzirá; e comerás a erva do campo. No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que retornes à terra, porque dela foste tomado; porquanto és pó, e ao pó retornarás." Gênesis 3:16

Exatamente por sermos pecadores, muitas vezes a nossa fé fica abalada. Tanto é assim que a música implora para que não seja uma fé tão superficial: "Que nossa fé não sejam hinos / Apenas notas em canções".


Mas é na penúltima frase de cada estrofe que algo importante nos resgata de cada uma destas memórias ruins: "Que mesmo em tentações e fraco (2ª estrofe) / Em uma salvação eu creio (1ª estrofe)" e nos leva à resposta de tudo: "Creio em Ti".


Em quem acreditamos? Acreditamos em Jesus! Ele é a nossa Salvação e nos disse: "[...] Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo" - João 16:33.


Embora Jesus tenha nos confortado dizendo que Ele venceu diversas tentações, o mundo ainda pode parecer muito nublado; sem fim. Pode até ser que as notícias relatadas no início não aflijam os seus/os meus dias, por parecerem situações distantes diante das coisas que cada um de nós enfrenta. E, realmente não há nada que possamos fazer com nossas mãos para impedi-las ou melhorá-las: não podemos trazer à vida as pessoas que foram sem se despedir, não podemos aplicar a justiça que queremos aos responsáveis que nomeamos; enfim, muita coisa não está ao nosso alcance. Porém, Paulo afirma "Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.” -(Romanos 8-18).


Como assim? É possível ficar feliz com tudo isso? O que Paulo quer dizer é que passar por isso significa que, assim como o Pai mandou Cristo uma vez como sacrifício vivo, cumprindo a sua promessa, Ele ainda voltará para nos resgatar para o lar: "[...] Acredito na cruz de Cristo / E que a morte enfim venceu / Acredito que ressurreto / Muito em breve voltará".


Portanto, Acredito é uma canção de esperança! Ao entoá-la reafirmamos nossa fé e redirecionamos o nosso foco para o céu! E é por isso que gosto dela, pois nos lembra que, apesar de tudo, em breve teremos o melhor lugar para estarmos unidos novamente!


Enquanto isso "[...] que a Igreja viva este amor". Que nós vivamos como Jesus nos ensinou, que nos alegremos nesta esperança, sejamos pacientes e perseveremos em oração – Romanos 12:12 - e assim "seu amor não voltará em vão".


Ora Vem, Senhor Jesus!